Massa Cervical Unilateral em Idade Pediátrica: Um Diagnóstico Inesperado

  • Mariana Morgado Serviço de Cirurgia Pediátrica, Centro Hospitalar Lisboa Norte, Hospital de Santa Maria, Lisboa, Portugal
  • Miroslava Gonçalves Serviço de Cirurgia Pediátrica, Centro Hospitalar Lisboa Norte, Hospital de Santa Maria, Lisboa, Portugal

Abstract

Uma massa cervical unilateral em idade pediátrica envolve um extenso diagnóstico diferencial. Destaca-se o carcinoma papilar da tiroide, que apesar de raro na população infantil, é a neoplasia endócrina mais frequente, representando cerca de 0,5 a 1,5% de todos os tumores pediátricos. Descreve-se o caso clínico de uma adolescente com uma manifestação atípica de microcarcinoma multifocal papilar da tiroide. A patologia apresentou-se através de uma massa cervical unilateral, indolor, com crescimento indolente, sem alterações físicas, analíticas (exceto aumento do anticorpo anti-tiroglobulina) ou ecográficas da glândula tiroideia. O baixo índice de suspeição da doença levou a que o diagnóstico fosse revelado pelo resultado do exame anatomopatológico da massa cervical, com posterior deteção de dois micronódulos tiroideus,  infracentimétricos. Relembra-se, através deste caso clínico, a elevada incidência da metastização ganglionar quística do carcinoma papilar da tiroide nos extremos da idade, podendo ser a única manifestação da doença, o que exige um elevado nível de alerta.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2016-03-01
Section
Case reports