Insuficiência renal aguda e febre prolongada – um caso de nefrite intersticial aguda induzida por fármacos

Authors

  • Cláudia Melo Centro Hospitalar do Médio Ave - Unidade de Famalicão
  • Rita Santos Silva
  • Soraia Tomé
  • Sónia Carvalho
  • Paulo Teixeira

DOI:

https://doi.org/10.25754/pjp.2013.626

Abstract

A nefrite intersticial aguda (NIA) é uma causa de insuficiência renal aguda em idade pediátrica. A etiologia medicamentosa é a mais frequente e o tratamento primário da NIA consiste na eliminação do agente etiológico suspeito. Descreve-se o caso de uma adolescente, de 15 anos, com uma síndrome febril com 24 dias de evolução, acompanhado de exantema maculopapular e insuficiência renal aguda (IRA). Após exclusão de etiologias mais frequentes, foi diagnosticada NIA induzida por fármacos e após descontinuação da terapêutica evoluiu favoravelmente. A NIA tem geralmente um prognóstico favorável, mas pode progredir com IRA e, raramente, para nefrite crónica, sendo fundamental o seu diagnóstico precoce bem como a identificação do agente agressor.


Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Cláudia Melo, Centro Hospitalar do Médio Ave - Unidade de Famalicão

Interna Complementar de Pediatria

Aluna do Programa Doutoral de Investigação Clínica e em Serviços de Saúde da Universidade do Porto

Published

2013-10-10

Issue

Section

Case reports

Most read articles by the same author(s)

<< < 1 2 3 > >>