Comentário crítico ao livro Omnia Sanctorum – Histórias da História do Hospital Real de Todos-os-Santos

  • António Gentil Martins

Abstract

Envio-lhe este pequeno texto para publicação na Acta Pediátrica Portuguesa, fazendo comentário crítico ao livro Omnia Sanctorum – Histórias da História do Hospital Real de Todos-os-Santos e seus sucessores, com a coordenação editorial de Jorge Penedo e edição do Centro Hospitalar de Lisboa Central, através da Editora By the Book: Lisboa, 2012.

Não podemos deixar de nos congratular pela publicação do livro em epígrafe, pois o prestígio e tradição dos Hospitais Civis de Lisboa, sempre o mereceram.

Contudo… há muito que digo: “a História é o que fica escrito, e nem sempre o que realmente acontece”.

Tendo lido com o merecido interesse o livro Omnia Sanctorum,(e referindo-me em especial ao capítulo sobre o Hospital de Dona Estefânia/HDE) não posso deixar de confessar o meu profundo desapontamento pelo facto de nenhum cirurgião ter colaborado, pois a referida instituição hospitalar foi verdadeiramente o berço nacional da especialidade, que, não só nele surgiu, como depois dele irradiou para a maior parte do país ( se exceptuarmos parte da região norte).

Para bom entendedor meia palavra basta: lamento a forma pouco objectiva e superficial, como foi tratada a Cirurgia Pediátrica e também a muito subjectiva e insuficiente análise dos curricula de quem ali a praticou.

Nos 125 anos do HDE uma Conferência sobre a Cirurgia Pediátrica nesse Hospital e seria de esperar que os autores do texto se tivessem, pelo menos, lembrado disso e, igualmente de um artigo que escrevi, sobre a História da Cirurgia Pediátrica no HDE, precisamente na Acta Pediátrica Portuguesa, revista de que é director

Downloads

Download data is not yet available.
Section
Letters to the Editor