Sarcoidose ou Tuberculose? Dificuldades no Diagnóstico

Authors

  • Ana Catarina Guerra Assistente Hospitalar de Infecciologia no Hospital Garcia de Orta
  • Margarida Ramos Unidade de Reumatologia do Hospital Dona Estefânia – CHLC, EPE
  • Flora Candeias Unidade de Infecciologia do Hospital Dona Estefânia – CHLC, EPE
  • Maria João Brito Unidade de Infecciologia, Departamento de Pediatria, Hospital Dona Estefânia, Lisboa, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.25754/pjp.2017.8807

Keywords:

Adolescente, Diagnóstico Diferencial, Sarcoidose/diagnóstico, Tuberculose/diagnóstico

Abstract

A sarcoidose é uma doença multissistémica rara caracterizada por granulomas não caseosos. A clínica e os testes diagnósticos são pouco sensíveis e específicos, dificultando o diagnóstico diferencial, particularmente com a tuberculose.

Rapaz de 17 anos com nódulos cutâneos dolorosos, astenia, hipersudorese e uveíte recorrente com 2 anos de evolução. Apresentava teste de Mantoux e IGRA positivos, anemia e VS elevadas, hipergamaglobulinémia, lisozima e ECA elevadas. TAC torácica com opacidades micronodulares centrilobulares, gânglios mediastínicos e hilares calcificados e broncofibroscopia e teste de difusão CO normais. A biópsia de nódulo cutâneo revelou paniculite septolobular. A cintigrafia das glândulas lacrimal e salivar sugeriu sarcoidose. Não se podendo excluir tuberculose concomitante iniciou antibacilares e posteriormente prednisolona e metotrexato. Após 6 meses verificou-se remissão clinica e normalização dos exames laboratoriais.

Este caso mostra as dificuldades do diagnóstico de sarcoidose e tuberculose na ausência dos achados microbiológicos e histológicos típicos e a possibilidade da coexistência destas entidades.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2017-03-28

Issue

Section

Case reports

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 > >>