Diagnóstico tardio de malformação adenomatoideia quística pulmonar congénita

Authors

  • Teresa Ferreira
  • Susana Rocha
  • Elisabete Gonçalves
  • Miroslava Gonçalves
  • Elisabete Vieira
  • Luísa Lobo
  • Maria João Palhano
  • Teresa Bandeira

DOI:

https://doi.org/10.25754/pjp.2008.4576

Abstract

A malformação adenomatoideia quística pulmonar congénita (MAQPC) é a segunda malformação pulmonar congénita mais comum. É actualmente diagnosticada no período intraute rino ou neonatal precoce, sendo raras as formas de apresentação tardias. Estas deverão ser consideradas no diagnóstico diferencial de pneumonia com imagem radiológica persistente. Descreve-se uma adolescente de dez anos com pneumonia extensa à esquerda e imagens de cavitação. A ecografia e tomografia computorizada (TC) torácicas confirmaram a existência de múltiplas lesões quísticas. A TC com contraste i.v efectuada 6 meses depois permitiu o diagnóstico. Efectuou-se lobectomia inferior esquerda e ressecção da língula. O exame anatomo-patológico confirmou o diagnóstico de MAQP tipo I. Realça-se a necessidade de acompanhamento posterior à cirurgia e a importância de reeducação respiratória.

Downloads

Download data is not yet available.

Issue

Section

Case reports

Most read articles by the same author(s)

<< < 1 2 3 4 5 6 > >>