Bilious Vomiting: Three Different Diagnosis

  • Sofia Pires Serviço de Pediatria, Hospital Pediátrico, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Coimbra, Portugal http://orcid.org/0000-0002-7621-5732
  • Daniela Alves Silva Serviço de Pediatria, Centro Hospitalar de Leiria, Leiria, Portugal
  • Liliana Santos Serviço de Cirurgia Pediátrica, Hospital Pediátrico, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Coimbra, Portugal
  • Maria Manuel Zarcos Serviço de Pediatria, Centro Hospitalar de Leiria, Leiria, Portugal

Abstract

Os vómitos são uma queixa frequente, mas inespecífica, podendo estar na sua origem uma patologia do foro cirúrgico que condicione obstrução ou oclusão intestinal. Caso 1, adolescente de 16 anos com vómitos biliares e posteriormente fecaloides, dor abdominal e ausência de dejeções. Exames imagiológicos compatíveis com obstrução intestinal, identificando-se na laparotomia exploradora um volvo associado a linfangioma quístico. Caso 2, menina de 4 anos com vómitos biliares e dor abdominal, decorrentes de obstrução intestinal por tricobezoar no jejuno, associado a tricolomania e tricofagia. Caso 3, rapariga de 15 anos com vómitos biliares e dor abdominal, com tomografia computorizada sugestiva de obstrução intestinal por pinça da artéria mesentérica. Realizou-se intervenção cirúrgica por ausência de resposta ao tratamento conservador.

As causas de obstrução intestinal em Pediatria são variadas e representam um desafio diagnóstico. Vómitos persistentes biliosos e/ou fecaloides devem evocar uma etiologia cirúrgica.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2019-07-15
Section
Case reports